Instrutores

Pedro Mello e Cruz

Diretor Geral do Circocan desde 2006, formado em Comunicação pela UFPR, especializou-se em circo na Beijing International Arts School (China), e passou por escolas como Circus Warehouse (NYC) e SANCA (Seattle). Idealizador do GforC – Grupo de Formação em Circo, desde 2013 coordena o programa de circo do Camp Medolark (EUA), além de promover eventos, parcerias e intercâmbios com escolas e companhias pelo mundo.


Adilso Machado

Bailarino do Grupo Cena 11 por nove anos, desde 2013 dirige os espetáculos da Cia. Artística Circocan e do GforC. Em seus 20 anos de experiência como artista, teve contato com diferentes técnicas de dança contemporânea, ballet clássico, street dance e jazz, e passagens pelo Circo Girassol, Aerial Edge (Escócia) e Cie Toula Limnaios (Alemanha), além de vivências com diretores como Alejandro Ahmed, Eva Schul, Eduardo Severino, Lia Rodrigues, Hooman Sharifi.


Nickolle de Abreu

Atleta de ginástica rítmica, artista e técnica no Circocan desde 2014, integrou a seleção Brasileira de GR entre 2005 e 2008, e atuou profissionalmente como bailarina no Camaleão Grupo de Dança (Belo Horizonte) entre 2012 e 2014. Graduada em Administração, participou de cursos de aperfeiçoamento em circo e ginástica na SANCA (Seattle), AKADEMIK (Bulgária) e North Shore Gymnastics (Chicago), além de anualmente integrar a equipe Circocan no Camp Medolark (EUA).


Luke Quadrio

Nascido na Australia, teve passagens pelo Cirque do Soleil – Mystere (Las Vegas) e Universal Studios (Japão) como artista. Formado em circo pela Beijing International Arts School (China), onde treinou por 3 anos e conheceu o Circocan, especializou-se em Mastro Chinês, Acrobacias e Equilíbrios. Em seu país natal lecionou em diversas escolas como NICA e FlipSide Circus, além de cursos e workshops de Mastro e PoleDance pelo mundo.


Dr. Bruno Tucunduva

Doutor em Educação Física pela Unicamp, concentra sua pesquisa e área de conhecimento no Circo e artes do movimento. Docente no curso de Educação Física da UFPR, sua trajetória acadêmica se desenvolveu em constante diálogo com o Circocan, abrindo caminhos para a investigação do circo no ensino, na pesquisa e na extensão universitária. Atualmente coordena o Cirthesis, grupo de pesquisa sobre a pedagogia do circo.


Mark Gibson

Diretor geral da Aerial Edge, maior escola e companhia de circo da Escócia, tem experiência de mais de 20 anos na área educacional com projetos relacionados a disciplinas físicas e artísticas. Além de dirigir a AE, viaja o mundo coletando, pesquisando e estabelecendo redes de relacionamento e intercâmbios na área de circo. Tem passagens pela Circus Space (Londres), Circus Warehouse (NYC), ARCAA (Sydney) e Circus Centre (San Francisco), além da parceria operacional permanente com o Circocan.


Amy Shipway

Amy descobriu o circo em 2008 quando em viagem na Austrália se apaixonou pelo trapézio voador. Ela conheceu a Aerial Edge em 2014 onde começou a treinar trapézio fixo e voador antes de ingressar na equipe como assistente de marketing em dezembro daquele ano. Desde então, o papel de Amy no Aerial Edge cresceu e em 2017 ela se tornou gerente geral da empresa. Amy é apaixonada por criar oportunidades para pessoas estudarem e trabalharem com circo, e trabalhou com o diretor da AE Mark Gibson na pesquisa e criação do primeiro e único curso integral de circo da Escócia: the Foundation Course in Circus Arts. Em dezembro de 2015 Amy passou 3 meses no Brasil treinando no Circocan, onde desenvolveu o gosto pelo aprendizado do português. Desde então, retorna ao Brasil anualmente coordenando o Aerial Edge Circus Holiday, programa de intercâmbio entre artistas brasileiros e escoceses.


Alice Jackson

Atualmente professora de circo em tempo integral no National Centre for Circus Arts em Londres, tem graduação em dança e estudos culturais pela Universidade de Surrey na Inglaterra, e tem uma ampla formação em movimento incluindo ginástica artística, dança contemporânea e dança africana. Alice conheceu o National Circus por acidente e decidiu trocar o escritório pelo ginásio, fazendo do ensino do circo e da dança sua carreira. Ministra disciplinas para todas as idades, de circo em família com crianças de dois anos até a graduação, passando pelos programas recreativos. Além de dança e movimento, ensina equilíbrio de mãos, mastro chinês, trapézio voador e acrobacias. Tem interesse particular nas práticas inclusivas e em proporcionar um acesso mais amplo ao circo para pessoas com deficiência. Através de formação e pesquisa, espera poder convergir seu conhecimento em circo, dança e prática inclusiva.


James McCambridge

Estudante egresso e atualmente professor no National Centre for Circus Arts em Londres, James ensina diversas práticas e disciplinas para participantes com diferentes habilidades e objetivos, incluindo vários programas de graduação. Iniciou sua carreira no ensino como técnico de ginástica há 14 anos no City of Lisburn Salto National Gymnastics Centre na Irlanda do Norte, trabalhando com ginástica artística masculina de alto rendimento. Se lançou à carreira de artista de circo, graduando-se pelo National Circus e se apresentando internacionalmente. Desde então, retornou ao ensino e desenvolveu um interesse em particular na psicologia e neurociência, estudando com Z Health Performance Solutions e a Academy of Applied Movement Neurology. Nos últimos 3 anos começou a integrar ideias com base na neurologia utilizadas no mundo dos esportes e da terapia manual com a formação em circo, objetivando uma melhor avaliação dos obstáculos de cada indivíduo e proporcionando programas de formação mais eficientes.